Lembrancinhas Maternidade da #BabyElena!!

Hoje eu vim compartilhar com vocês o passo a passo de como eu fiz as Lembrancinhas de Maternidade da Elena. Desde quando eu descobri que estava grávida, comecei a pesquisar o que eu faria para lembrança do nascimento. Achei ideias maravilhosas, até que me decidi a fazer um potinho com o “Cheirinho da Elena”. A principio queria usar um hidratante com cheirinho de bebê, mas acabei usando um sabonete liquido.

A lembrancinha ficou super fofa, e é bem simples de fazer. É só ter um pouco de paciência que da tudo certo.

Eu acredito que fazendo este tipo de trabalho manual em casa além de sair mais em conta, ainda se torna uma terapia que muitas das vezes nos ajuda até mesmo a superar a ansiedade da espera do bebê.

Então vamos ao material necessário.

  • Potinho para lembrancinhas
  • Sabonete liquido
  • Tags adesivas
  • Tags agradecimento
  • Saquinhos de organza
  • Lacinhos ou fita para decorar
  • Meia pérola adesiva (opcional)
  • Cola quente

IMG_1921 Primeiro eu colei as tags adesivas (se preferir pode encher os potinhos primeiro, pois pode manchar as tags). Depois enchi os potinhos com o sabonete liquido, usei um funil para não derramar, coloquei nos saquinhos, amarrei as tags de agradecimento e por último colei o lacinho.

Quem fez as tags para mim foi minha ex professora da faculdade Taís Fabiane, eu adorei, ficou bem do jeitinho que eu queria… Obrigada prózinha!!

IMG_1924Resultado final ficou assim:

IMG_2558

As lembrancinhas de maternidade não são obrigatórias mas são sempre bem vindas como uma retribuição à visita ao bebê e a mamãe, claro que também é bem comum os visitantes trazerem alguma lembrancinha para o bebê, então acaba sendo apenas uma retribuição ao presente.

Beijinhos!!

Curtiu? Compartilhe e acompanhe o Blog Jaque Oliveira no Facebook Instagram

Review: Corretivo Pro Longwear da MAC!!

Quem me conhece ou me acompanha aqui a mais tempo sabe o meu amor por corretivos (um dos produtos de make que mais necessito – tenho muuuuuita olheira) e hoje vim fazer review de meu corretivo favorito do momento que é o Corretivo  Pro Longwear da MAC.

Descrição da marca:

“Corretivo fluido e leve que confere cobertura média a completa com um confortável acabamento mate natural. Fórmula de longa duração com pureza da cor por até 15 horas. Ajuda a disfarçar e corrigir a aparência de olheiras e descolorações da pele. Vem em um frasco de vidro transparente com aplicador preto fosco.”

IMG_2393

O Pro Longwear como promete na descrição é um corretivo de alta duração, cobertura média e acabamento opaco. Tenho olheiras bem escuras e o Pro Longwear corrige elas super bem, ele conseguiu substituir o meu queridinho da NARS, ninguém aguenta ficar pagando R$ 179,00 em corretivo, não é mesmo?! O Pro Longwear custa R$ 103,00, comprei na Sephora.

Um defeito dele é a embalagem de vidro, porque se cair no chão, já era, quebra mesmo, então tem que tomar muuuuito cuidado (isso aconteceu com o meu, o marido mexendo na minha penteadeira derrubou e quebrou um novinho, mas é claro que depois de quase ter um “troço” fiz ele comprar um novo hahaha). Vem 9 ml, mas rende bastante porque ele tem uma cobertura excelente e precisa de pouco produto para cobrir bem as olheiras e algumas espinhas. Uma gota pequena é suficiente.

IMG_2398 DSC01937

Gosto de usar corretivo em um tom mais claro que minha pele para dar o efeito iluminado que acho lindo – comprei o NC30 e ficou perfeito. A textura dele é bem cremosinha/fluida e fácil de espalhar, cobre bem e depois que seca um pouquinho e espalho o resultado é ainda melhor, mas tem que tomar cuidado porque seca bem rápido.

Quanto à fixação, posso dizer que ele cumpre com louvor o que promete. A cobertura dura o dia inteiro e mais um pouco!

Adorei! Quem já testou ou usa esse corretivo, o que acha? Me conta, vou amar saber!

Beijinhos!! Um ótimo fim de semana a todos!!

Curtiu? Compartilhe e acompanhe o Blog Jaque Oliveira no Facebook Instagram

Relato de uma Mãe de UTI!!

Olá meus amores!!

Já faz mais de um mês que não escrevo aqui para o blog, hoje vim aqui explicar um pouquinho sobre tudo que aconteceu nesses últimos dias… No dia 15 de dezembro de 2016 me tornei oficialmente a mãe da Elena, um momento tão esperado, tão feliz e especial, mas nem poderia imaginar que também me tornaria uma mãe de UTI. Eu sonhei muito em ser mãe da Elena, mas não desejaria a ninguém que se tornasse uma mãe de UTI.

img-20161209-wa0041

O primeiro grande impacto foi receber alta e ter que sair do hospital sem minha filha nos braços, com certeza foi o pior sentimento que já tive, foi mais profundo que tristeza, foi sentimento de perda, de falta de controle, de vazio… Sentia meu ventre vazio, meus braços vazios. Naquele momento achei que tivesse vivido o pior momento da minha vida… Até chegar em casa e ter que entrar por aquela porta sem ela… Não foi assim que imaginei e a dor do vazio continuava: ver o berço vazio, as roupas e todas suas coisinhas, tudo pronto esperando por ela.

Ter que andar pela casa e fingir que estava tudo bem, ter que me alimentar sem vontade para ter leite e forças para enfrentar a maratona que viria pela frente, todas as tarefas comuns do dia a dia eram bem difíceis. E na hora de dormir? Era eu com meus pensamentos, dores e angustias, imaginando como estava minha filhinha lá, se ela estava chorando, com frio, com fome, com saudade de mim. O som daqueles aparelhos que embalavam o sono dela dia e noite, não mais a minha voz.

Ser uma mãe de UTI é ver que em uma fração de segundo, tudo pode mudar e transformar o momento de alegria em angústia e medo. É sentir seu bebê pela ponta dos dedos esterilizados em álcool gel. O momento mais feliz do dia era poder ficar alguns minutos com a Elena nos braços, sempre escorria pelo menos uma lágrima de alegria dos meus olhos.

É ser viciada no monitor e com o tempo passar a entender todas as funções daqueles aparelhos. É ver picadas e mais picadas para exames e ficar com o coração apertado até o resultado aparecer. É torcer todo dia por uma boa notícia, mesmo que seja aquela bendita palavrinha “estável” significa que não melhorou, mas também não piorou.

É necessário ter muita fé. É todo dia pedir por um milagre. Só com muita fé em Deus para aguentar. Você precisa aprender a viver com o sentimento de impotência, por ver o sofrimento e a dor do seu bebê e simplesmente não poder fazer nada. Podemos apenas confiar e ter lágrima escorrendo pelo rosto todo dia.

Mas, além de tudo isso ser mãe de UTI é superação, é ter muita história para contar. Ninguém conhece a dor de ter seu bebê na UTI, só quem já passou por isso, mas também ninguém sabe a alegria de sair com seu bebê dali! O dia da alta é um dia de alegria para nós e para as mães que nos acompanham. O dia que minha Eleninha saiu da UTI foi como se ela tivesse nascido novamente, tamanha foi nossa alegria!

O que eu desejo é que todas as mães que passam por essa mesma situação sejam abençoadas com a alegria de levar seu bebezinho para casa e poder aproveitar cada segundo da sua companhia.

 Beijinhos!!

Curtiu? Compartilhe e acompanhe o Blog Jaque Oliveira no Facebook Instagram

Meu Ensaio de Gestante!!

Estar grávida é muito amor!! E é nesse clima mágico que quero trazer vocês para conhecer o meu Ensaio de Gestante, esperando a #babyElena! Quando estamos grávidas nos sentimos seres especiais, designados por Deus para carregar conosco uma vida que foi capaz de mudar a minha forma de ver o mundo e minhas prioridades!

Amo fotografia e não poderia deixar esse momento (e essa barriga!) passar em branco (Haha)… Amo especialmente aquelas fotos que conseguem trazer consigo a beleza do momento! Esse foi o ensaio fotográfico mais lindo que já fiz, cercado de muito cuidado e muito amor!!

Eu amei essas fotos, elas retratam bem esse momento que estamos vivendo: muito amor, carinho e ansiedade com a chegada da nova integrante da família! Espero que vocês gostem e sirva de inspiração para todas as gravidinhas que estão pensando em fazer as fotos gestante. No dia dessas fotos já estava com 38 semanas de gravidez, ou seja, barriga bem grande!

Se preparem para muitas fotos, mas não consegui selecionar poucas, pois realmente estou apaixonada pela delicadeza, e pela beleza das fotos. Ficou muito melhor do que eu pensei e poderia esperar. Espero que gostem:

img-20161209-wa0031img-20161209-wa0041 img-20161209-wa0038 img-20161209-wa0035img-20161209-wa0025 img-20161209-wa0024 img-20161209-wa0032 img-20161209-wa0019img-20161209-wa0022 img-20161209-wa0034 img-20161209-wa0030 img-20161209-wa0037img-20161209-wa0027

Espero que tenham gostado, eu ainda não tenho palavras. É um momento tão único, tão maravilhoso, fiquei contente em ter feito essas fotos para mostrar para a Eleninha logo logo.

Beijinhos!!

Curtiu? Compartilhe e acompanhe o Blog Jaque Oliveira no Facebook Instagram

Diário de Gravidez: Último Trimestre!!

Olá meus amores!! Tudo bem com vocês?!

Nem consigo acreditar que já estamos no último trimestre da gravidez, aliás que falta pouco mais de uma semana para nossa princesa nascer (isso mesmo, na próxima semana já teremos um bebezinho em casa)… Parece que foi ontem que estava desconfiada de uma suposta gravidez e agora minha barriga parece que vai explodir a qualquer momento kkkkkk!!

O último trimestre é bem difícil! É claro que eu sabia que a fase final era a mais complicada, mas só passando por ela pra entender o grau de dificuldade (Hahaha)! Aconteceram muitas coisas nas últimas semanas e tentei fazer um resumão de tudo para vocês!

14725577_1170422496384904_7541919391050847316_n

Ansiedades:

Pensei que nessa fase da gestação estaria enlouquecida de tanta ansiedade, mas graças a Deus estou consigo me manter bem tranquila, não acho que a ansiedade me fará muito bem, então tento me distrair e ocupar meu tempo com outras coisas, vamos ver como será essa última semana, espero que consiga ficar calma kkkkk.

Sintomas e Dificuldades:

Toda a disposição do segundo semestre foi embora! Essa fase foi a que eu mais tive cansaço e sono! O que é justificável, imaginem só o tanto de energia necessária pra cuidar de um bebê dentro da sua barriga.

A dificuldade para dormir que falei no último Diário só aumentou nesse último trimestre, a dificuldade de achar posição somada à muitas idas ao banheiro (acho que é um treinamento para as várias vezes que você vai levantar para amamentar depois que o bebê nascer kkkkk). Esse papo de “descanse antes da chegada do bebê” é papo furado, só serve até o segundo trimestre (Haha).

Uma das piores coisas com certeza é a pressão estranha na pelve, como se os órgãos ali estivessem sendo espremidos mesmo. A hora que eu mais sinto é pra deitar e levantar da cama. Por isso sempre que o marido está por perto peço ajuda para levantar.

O calor por aqui já está começando e o inchaço também resolveu aparecer, mas tento minimizar bebendo bastante água (de 3 a 4 litros por dia) e colocando os pés para cima sempre que posso.

Movimentos do bebê:

Elena se movimenta muuuuuito e não são mais aqueles chutinhos rápidos do início e sim pontapés fortes ou um pézinho/ mãozinha se esticando demoradamente e aqueles movimentos nada suaves que as pessoas até enxergam sua barriga mexendo enlouquecidamente (Haha).

15078775_1196441027116384_8162809978804905556_n

O quartinho da #babyElena já está pronto (não me esqueci da promessa, vou mostrar cada detalhe aqui), deu tempo de receber os móveis (apesar do marceneiro ter me enrolado um pouco e me deixado bem ansiosa) e pensar na decoração com calma. Também teve aquele momento da preparação de lavar e passar as roupinhas que parece uma coisa boba, mas foi muito maravilhoso. A malinha dela também já está quase pronta, falta colocar algumas coisinhas, mas já está tudo separadinho.

Então é isso meus amores, chegamos aquele momento que os dias parecem não ter fim e ansiedade de conhecer e sentir o cheiro da minha filhota. Quero agradecer a vocês todo o carinho que tiveram comigo durante esses meses, e dizer que logo menos vocês terão que alargar ainda mais esses corações porque a #babyElena está quase chegando!!

Beijinhos!!

Curtiu? Compartilhe e acompanhe o Blog Jaque Oliveira no Facebook Instagram